ITAJUIPE: MINISTÉRIO PÚBLICO DEVE INVESTIGAR GASTOS ABUSIVOS COM LIXO.


Embora os Vereadores tenham aprovado  por unanimidade requerimento de autoria do vereador Mateus Mattos (MDB), que pede detalhamento dos gastos públicos com o lixo doméstico do município (continue lendo aqui). O prefeito Marcone Amaral Costa Júnior (PSD), não deu a devida importância, menos ainda prepostos da empresa JPS que sequer pisaram os pés na Câmara de Vereadores numa audiência pública que foram convidados. Por incrível que pareça, quando questionado na audiência, o prefeito em exercício Leandro Junquilho (PR), refutou aprofundar no tema lixo, deixando possíveis explicações  para os donos da empresa. Para se ter uma ideia, volume exorbitante dos gastos com a coleta de lixo, num rápido comparativo com um município vizinho com número populacional semelhante, pasmem, a diferença chega R$ 104 mil mensal.
Em Itajuipe, conforme informações do gestor, o gasto mensal é R$ 178 mil.  Como o Legislativo não tem informações detalhadas por parte do Executivo, a população espera que a Câmara Municipal busque com urgência a intervenção do Ministério Público no intuito de conter os gastos abusivos com o dinheiro público.
Por: Erê

0 comentários:

Copyright © 2012 blog do erê.