SALVADOR: PREFEITURA VAI CRIAR POLO DE CAPACITAÇÃO DE MÃO-DE-OBRA PARA CALL CENTER.

Prefeitura vai criar polo de capacitação de mão-de-obra para call center

Como parte do pacote de ações do eixo 2 do programa Salvador 360, o "Salvador Negócios", a prefeitura de Salvador vai criar um Polo de Capacitação de mão-de-obra para teleatendimento e telecobrança, demanda antiga do setor. As empresas que oferecem os dois serviços costumam realizar treinamentos para selecionar profissionais por meio de um contrato de trabalho temporário. Ao fim desse período, nem todos os candidatos são selecionados, e acabam processando as empresas, cobrando direitos trabalhistas referentes ao tempo de treinamento. Outro estímulo para o setor é a isenção de 50% do Imposto sobre a Propriedade Predial Urbana (IPTU) por 36 meses. é a empresas de teleatendimento que queiram se instalar em Salvador, desde que gerando ao menos 500 postos de trabalho, terão isenção de 50% de Imposto sobre a Propriedade Predial Urbana (IPTU) por 36 meses. A medida vale também para ampliação de companhias já instaladas, desde que resultem em ao menos 250 postos de trabalho. No caso de empresas de telecobrança, o incentivo é a redução da alíquota do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) para 2% e isenção de 50% do IPTU também pelo prazo de 36 meses, nas mesmas condições de empresas de teleatendimento. O objetivo, segundo o prefeito, é "ser referência nacional em atração de empresas de telecobrança". "Podemos ser a capital nacional de call center", defendeu ACM Neto. Informações do BN.

0 comentários:

Copyright © 2012 blog do erê.