PROJETO QUE BENEFICIA OS ARTISTAS BAIANOS É APROVADO POR UNANIMIDADE NA ALBA.



O projeto de lei que prevê a criação de 60% de cotas para os forrozeiros baianos se apresentarem durante o São João foi aprovado por unanimidade durante a sessão desta terça-feira (16), no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Posto em votação após dispensa de formalidades por acordo entre os parlamentares, o projeto beneficia os artistas baianos no que se refere às contratações para festejos juninos em todo o estado.
Na galeria, artistas como Del Feliz, Zelito Miranda, Bule Bule, Bruninho do Acordeon, Eugênio Cerqueira, Sarajane, Ed Bala, Frutos Nordestino, Chico Leite, Aupercata de Arrasto, Xote Nordestino, Renato Fechini, Zé Costa, todos prestigiando a votação.
O PL é fruto de um acordo entre os líderes da bancada do governo e de oposição respectivamente, os deputados Zé Neto (PT) e Sandro Régis (DEM), com o apoio do presidente do legislativo, deputado Marcelo Nilo (PDT). “A maior festa da Bahia não é o Carnaval, que ocorre só em Salvador, é o São João, que acontece nos 417 municípios. Esse é um projeto muito importante, pois precisamos priorizar as bandas do interior e da capital”, pontuou Nilo
A proposição tem como principal objetivo, valorizar a cultura nordestina na Bahia, destinando parte da verba das Secretarias de Cultura e Turismo para a contratação dos artistas para as festas juninas. A lei vale inclusive para contratos entre estado e municípios.
Para o cantor Zelito Miranda, com a aprovação do projeto os forrozeiros baianos poderão inclusive fiscalizar os recursos destinados às manifestações culturais do estado. “Não sabemos quanto vem e para onde vão os recursos. As contratações são muito soltas. Podemos enfim criar um conselho, uma associação, assim como já acontece no Carnaval”, afirmou.
A votação foi encerrada ao som de muito forró, com todos os artistas e os deputados reunidos no plenário, transformado em um ‘arraiá’. O PL agora segue para a sanção do governador Rui Costa e deve ser regulamentado em 180 dias. Todos os contratos firmados após esse período serão afetados pela nova lei.
Em nome de todos os forrozeiros, que carregam durante todo o ano a nossa cultura, eu quero agradecer a todos os deputados pela sensibilidade em apoiar a nossa causa”, declarou emocionado o cantor Del Feliz.


0 comentários:

Copyright © 2012 blog do erê.