FERROVIA DE INTEGRAÇÃO OESTE-LESTE DEMITE TRABALHADORES EM MASSA



O Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia (Sintepav-BA) lamenta as demissões em massa que ocorrem na Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL). O presidente do Sintepav-BA e deputado federal, Bebeto Galvão (PSB-BA), preocupado com a crise na ferrovia, reuniu-se em Brasília no último dia 11 de março, com a direção da Valec Engenharia Construções e Ferrovias para cobrar agilidade no andamento das obras que apresentam problemas, expressando ainda preocupações com as demissões que afetam os trabalhadores. A Valec reconheceu dificuldades, mas com a crença de superá-los.
Na segunda-feira (16), diante de sua face mais cruel, o desemprego, o sindicato foi notificado da intensidade da crise em todos os lotes da FIOL, estampado da seguinte forma:

Todos os lotes sofrem um processo de insegurança e passam por problemas que podem gerar a demissão total dos 5.868 trabalhadores da FIOL, devido aos atrasos nos repasses da Valec e à falta de responsabilidade dos governos Federal e Estadual com as obras, tidas como a joia do PAC, o que sacrificará mais uma vez a Bahia. As empresas informam que estão em desequilíbrio econômico-financeiro, pois a Valec não realiza os pagamentos, e o governo não adota medidas necessárias para a superação da crise. Milhares de trabalhadores poderão ser demitidos e o cenário indica que muitos não terão a possibilidade de receber, inclusive, as parcelas rescisórias. Fonte: Ascom PSB.

0 comentários:

Copyright © 2012 blog do erê.