DAVI GALLO ADMITE CRÍTICAS A KANNÁRIO POR APOLOGIA AO CRIME, MAS DIZ QUE TEXTO SOFREU EDIÇÕES


Davi Gallo admite críticas a Kannário por apologia ao crime, mas diz que texto sofreu edições

O promotor de Justiça Davi Gallo, que atua na Promotoria de Júri do Ministério Público da Bahia (MP-BA), admitiu ao Bahia Notícias que é de sua autoria um texto compartilhado em redes sociais em que tece críticas ao cantor Igor Kannário. Entretanto, o promotor afirma que o texto já sofreu edições, e que não se posicionou sobre o uso da imagem do cantor com fins políticos. O promotor afirmou que o comentário foi feito em uma postagem de um amigo no Facebook, e disparou: “As letras das músicas de Igor Kannário fazem apologia ao crime, e isso é crime. Ele se utiliza da multidão para promover o crime”. “Eu falo isso em qualquer lugar do mundo”, afirma. Saiba mais sobre a declaração do promotor na coluna Justiça.

0 comentários:

Copyright © 2012 blog do erê.