ITABUNA: CASO GLÉBIA DOIS ANOS DE MISTÉRIO.



Tarde de sexta-feira, 30 de dezembro de 2011. A estudante Clébia Lisboa, então com 33 anos, saiu da kitnet onde morava, no bairro Pontalzinho, centro de Itabuna. Ela planejava comprar um par de sandálias para usar na praia no réveillon, em Ilhéus, onde passaria com amigos. Mas os planos da jovem foram bruscamente interrompidos em algum lugar.
 
Nesta segunda-feira, 30 de dezembro, completam exatamente dois anos do desaparecimento de Clébia, que cursava Administração na Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Itabuna. Ela também passou pelo quadro de funcionários da extinta sucursal do Jornal A Tarde. Por Rick Mascarenhas

0 comentários:

Copyright © 2012 blog do erê.