DURANTE MISSA, FILHO DE LUIS EDUARDO É LEMBRADO PARA CANDIDATO AO GOVERNO EM 2014


Durante a missa em memória dos 15 anos de morte do ex-deputado federal Luis Eduardo Magalhães, ontem, na Igreja da Misericórdia, no Centro Histórico, o filho dele, mais conhecido como Duquinho, foi mais uma vez o centro das atenções, dadas as semelhanças físicas e de temperamento com o pai, cuja simpatia, capacidade política, facilidade de trânsito entre partidos e poder de articulação sempre foi uma unanimidade.  Talvez por este motivo, ainda na cerimônia, alguns políticos tenham, em contato com o Política Livre, voltado a se referir à herança política de Luis Eduardo Filho como um valor que ele não deveria desprezar, pensando seriamente na possibilidade de concorrer ao governo do Estado em 2014, já que abriu mão de disputar um cargo eletivo em 2010, quando muitos queriam que concorresse a uma vaga na Assembleia ou no Congresso. Na época, Duquinho alegou que preferia manter suas posições nas empresas da família e em outros negócios onde atua sozinho e constrói uma imagem de empresário de sucesso, sentimento que pode agora estar mais solidificado ou então se flexibilizado. Informação do Politica Livre.

Um comentário:

  1. Êta povinho que não quer largar o osso.
    A direita falida da Bahia, deveria procurar outras e novas lideranças para disputar o poder na Bahia. Essa nobre família baiana já deu sua contribuição. É preciso renovar seus quadros, assim fica parecendo que na Bahia não temos outras cabeças e capacidades para gerenciar nosso Estado e os nossos destinos políticos.
    O grande timoneiro(ACM/avô), concentrou tanto poder em suas mãos(família) que, faltam lideranças naturais para ocupar esse vazio. Seu neto (ACM/neto), está tendo uma grande oportunidade em Salvador, se for competente poderá ser o novo tomoneiro do grupo acéfalo.

    ResponderExcluir

Copyright © 2012 blog do erê.