Em ofício encaminhado terça-feira(24/03) ao coordenador da bancada da Bahia, deputado federal Daniel Almeida (PCdoB-BA), a deputada Lídice da Mata solicitou o remanejamento do valor total de sua cota parlamentar individual da bancada da Bahia para ações de combate ao coronavírus. Lídice considera essencial a medida para o enfrentamento da emergência de saúde pública causada pela pandemia.

Os recursos da cota individual da parlamentar, no valor de R$ 3.555.134,65, referente às emendas impositivas de bancada do Estado da Bahia do Orçamento Geral da União (OGU 2020) serão alocados na nova ação codificada como 21C0, de Enfrentamento da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional decorrente do Coronavírus (COVID-19) do Ministério da Saúde. O valor remanejado das emendas de Lídice serão repassados para a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia – SESAB.
Informações: Hora da Bahia.


O PSB de Itabuna externa  solidariedade  com votos de recuperação da   saúde do amigo e ex-deputado, Augusto Castro, afetada pelo coronavírus. Temos fé em Deus  que esse momento difícil vai passar e logo estará de volta para continuar sua luta. Em sintonia  com sua família,  rogamos  ao Criador do Universo pela cura  do  dileto amigo que sempre esteve em defesa  do povo itabunense e região.

Dr. Renato Costa
Presidente do PSB Itabuna



Com aval do presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) no município, Dr. Renato Costa, o cantor, compositor e Produtor Cultural Elivandro Cuca, também conhecido por Mister Cuca, se  filiou nesta quarta-feira(04/03), ao  PSB com o objetivo de conquistar uma das vagas de Vereador na Câmara Municipal. O ato aconteceu na sede do  Sindicato   Rural  de Itabuna com a presença do Diretório Executivo do Partido, militância e lideranças políticas. Na eleição de 2016, Cuca  foi candidato a Prefeito em Itabuna pelo PSOL.   
Nascido no bairro da Mangabinha, estudou em escola pública, trabalhou com seu Pai Eliseu do pastel e se tornou cantor, compositor e Produtor Cultural há 25 anos, levando os seus trabalhos culturais e o nome de Itabuna para a Bahia, o Brasil e todo o mundo, através de artistas famosos a exemplo de Ivete Sangalo, Cláudia Leite, Leonardo, Sorriso Maroto, Durval Lélys, Cacau com Leite, Lordão além de trilha em novela e no filme "Ó Paí Ó". "Tenho a cultura e educação como principal bandeira". – cravou Cuca

Itajuípe continua pelo mesmo caminho  no trato com a coisa pública. Administrar o público não é conduzir uma empresa privada, não é, e não é assim que deve ser.  O público é da conta de toda a população. Não deve existir falta de clareza! 
A população itajuipense já pagou e, vem pagando o preço com projetos gestados sem transparência – nos princípios da “velha política" onde nos dias atuais requer técnica e profissionalismo. Digo isso, após ver a foto populista do prefeito Marcone e vereadores 'empencados'   para anunciar a chegada de um empreendimento tão importante para o município (é preciso amadurecer como gestores e legisladores). Sinceramente esperava uma audiência pública, no mínimo, uma coletiva de imprensa com os investidores e prefeito dando informações à sociedade.  A população precisa saber de fato o que vem pela frente, saber se o projeto é sustentável, futurista principalmente os mais jovens que buscam o primeiro emprego.
A princípio esse investimento privado que promete destravar a 'fantasma fábrica de chocolate' é importante, – muito importante para o município e região. Mas, todo ato que envolve recursos públicos o povo deve tomar conhecimento para avaliar sua dimensão, impacto e não ser golpeado como fomos por muitos anos com a ilusão da 'fábrica de chocolate' do prefeito Marcos Dantas. Acredito que esse projeto do empreendimento Caline deve   provocar um impacto social positivo e comportamental dos produtores. Na sua maioria, descapitalizados devido à crise do cacau. Esse empreendimento privado que tem a contrapartida do município em cessão do espaço público e possivelmente isenção fiscal, além de gerar empregos será uma porta de entrada para um modelo visionário de desenvolvimento, daí deve amenizar a crise causada pela falta de visão, na ocasião, dos produtores com a chegada da famigerada vassoura-de-bruxa no início da década de 1990.   Estamos vendo uma luz no fim do túnel para os produtores que já não aguentam mais gritar no deserto por falta de políticas públicas nos três níveis de governos municipal, estadual e federal. A nossa região tem jeito, o problema é técnico e político. Outro dia disse num evento: nossa região precisa de prefeitos, gestores capazes de mobilização. Não acredito em prefeito administrador tão somente de FPM e ICMS como tem sido. Embora seja no último ano do mandato, acho que o prefeito Marcone acordou para a realidade.   Como também não acredito em liderança política que não se manifesta porque tem medo de se expor preferindo ficar calada achando que tem a solução para os problemas técnico e políticos do município de forma simplória. Na minha opinião, o empreendimento chega atrasado, no entanto, nunca é tarde para começar. Quando efetivamente funcionar deve provocar uma demanda na região pelo cacau. Tenho conversado com produtores desde o tradicional cultivo e mão de obra do cacau ao novo modelo de cultivo e manejo. Sabemos que não será fácil, se a fábrica for comprar só cacau com selo de qualidade. A preocupação por hora é que nossos produtores na sua maioria absoluta não se enquadra nessa exigência.  Mas, de tudo, isso não é ruim, é bom! Na verdade pode ser o início da solução da crise. Porque de certa forma vai obrigar os prefeitos saírem dos seus gabinetes em busca de mais investimentos para nossa agricultura e principal cultura porque ainda não temos matéria-prima com qualidade o suficiente para ser processada e exportada. No entanto, temos produtores de forma individual produzindo cacau de qualidade mas, ainda não é o suficiente. A chegada desse empreendimento, como disse anteriormente, deve oxigenar e obrigar mobilização dos produtores; população e políticos. Daí, deixaremos de ser penalizados primeiro pela inércia dos políticos, depois pelas grandes moageiras que compram cacau sem qualidade do continente africano.   Surge uma esperança, quem sabe nosso produto volta a ser valorizado. No entanto, vai precisar destravar os produtores que estão endividados, qualificar mão de obra, principalmente do município para condições do manejo da produção do cacau conforme interesse de mercado para exportação porque chocolate e produtos com matéria-prima do cacau para o exterior exige selo de qualidade. No caso do chocolate para exportação, precisa ter ao menos, 40% de cacau. Mas, só vender a massa, liquor para o exterior não é o suficiente, quem sabe num futuro teremos produção de chocolate em solo itajuipense para consumo no mercado nacional e internacional. Por ora, seja bem-vinda, Caline. 

Por: Erê
Presidente do PSB.
Itajuípe



A coalizão política foi oficializada ontem (18) através do presidente do PC do B, ex-vereador Gilvan Ribeiro (Van Baster),  ex-vice-prefeito Antônio Jorge Rodrigues Neto (Jorjão) e o presidente do PSB, Erenilson Santos (Erê). Os partidos são da base do Governador Rui Costa(PT) e resolveram caminhar juntos na coligação  para prefeito e organização de candidaturas para vereador no município. A união política tem o aval do presidente do PC do B,    secretário estadual  do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães e da presidente estadual do PSB, Deputada Federal  Lídice da Mata. O objetivo da aliança é apresentar um projeto progressista e sustentável para o município focado na inclusão social.

O Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou, na sessão desta quarta-feira (12/02), as contas de 2018 da prefeitura de  Itajuípe, de responsabilidade do prefeito Marcone Amaral Costa Júnior (PSD). Entre as irregularidades praticadas pelos gestor está a extrapolação do limite máximo para despesa com pessoal.  O prefeito Marcone que teve suas contas aprovadas referente ao exercício 2017 com ressalvas, havia sido notificado pela corte que precisava reduzir despesa com pessoal, mas, não conseguiu. Desta vez,  alcançou 60,53% da receita corrente líquida, quando o máximo permitido é 54%. Em razão dessa irregularidade, o prefeito foi multado em R$63.812,05, equivalente a 30% dos seus subsídios anuais. O relator do parecer, conselheiro Raimundo Moreira, também imputou uma segunda multa ao gestor, no valor de R$4 mil, referente às demais irregularidades identificadas durante a análise das contas, entre elas as falhas nos procedimentos contábeis e a reincidência quanto à baixa cobrança da dívida ativa.

Cabe recurso da decisão. 

Se não sair de pauta mais uma vez, o TCM/BA (Tribunal de Contas dos Municípios do  Estado da Bahia) deve julgar amanhã(12/02), durante a 5° Sessão Ordinária, as contas referente ao exercício 2018, do município de Itajuipe, de responsabilidade do prefeito Marcone Amaral CostaJúnior (PSD). As contas do chefe do Executivo itajuipense tem como relator o conselheiro Raimundo Moreira. No último dia 05/02, durante a 2° Sessão Ordinária, quando o alcaide se encontrava na capital do estado, as contas foram tiradas de pauta.
CONTAS 2017
As contas referente ao exercício financeiro de 2017, de responsabilidade do gestor, foram aprovadas, no entanto, com ressalvas – foi condenado a ressarcir os cofres públicos devido multas  de R$ 66 mil reais por desobediência a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF101/00). 

Na abertura dos trabalhos do Legislativo, quinta-feira (06/02), o vice-prefeito Leandro Junquilho, representando o prefeito Marcone, que encontra-se na capital do estado possivelmente preocupado com o julgamento das suas contas pelo TCM/BA (Tribunal de Contas dos Município do Estado da Bahia), mais uma vez fez uso da tribuna da egrégia casa legislativa para se lamentar que pegaram o município quebrado. Isso é uma inverdade, fake news! Na verdade, a atual gestão tenta se esconder das tão prometidas "grandes coisas". Querem deixar latente  a deficiência em gestão de um governo feijão com arroz. Por sinal, já não fazem mais uso do palaciano mote: "grandes coisas estão por vir". Ora, não há mais tempo para continuar no palanque, são três anos e quase dois meses de governo. A população precisa de resultados, necessita que as secretarias funcionem corretamente com eficiência. É preciso ser mais técnico, essa foi a proposta do governo, mas o que estamos vendo é um gestor preocupado em ter maioria absoluta dos vereadores com distribuição de benesses e desesperado para ter suas contas aprovadas pelo TCM, sem ressalvas, para não ser condenado a pagar mais uma vez R$ 66 mil reais com o próprio salário.   Quando o então vice-prefeito Jorjão (PSB), responsável pelas contas públicas, deixou o prédio da Prefeitura, saiu pela porta da frente sem nada dever à funcionários e fornecedores, inclusive, com os veículos e maquinários estacionados em frente ao Banco do Brasil abastecidos e ainda com crédito no posto de combustível para o governo não parar os serviços públicos essenciais para a população. Assim, não é necessário nem lembrar, ficou mais de R$ 800 mil nas contas públicas e obras com emendas viabilizadas.  
Por: Erê - Presidente do PSB de Itajuipe.



Itajuípe ainda precisa ser pensada a partir  do planejamento urbano e melhor mobilidade. Já  não é mais tempo da população da  zona norte do município, principalmente que mora no Bairro Acácio Almeida, se arriscar  por dentro do rio por falta de construção de uma ponte.

A construção de uma segunda ponte é possível. Um outro projeto viário importante será a contrução da segunda via  ligando  a zona sul (Av. Itabuna) a zona oeste do município (Bairro da Pitangueira). Também não deve  continuar sendo ignorado o asfaltamento do acesso a BR 101,  sentido antiga estação ferroviária, onde historicamente o município surgiu e, lamentavelmente, existe um  lixão invadindo a estrada devido a leniência do governo municipal que não dispõe sequer de um simples projeto para reaproveitamento  dos resíduos sólidos.

Sensibilizar a sociedade para a crescente onda de “fakes news” no Brasil, em especial neste ano de eleições municipais, e mobilizar os profissionais da área do sul da Bahia na luta pela preservação da profissão de Jornalista são dois dos objetivos do Seminário “Jornalismo do sul da Bahia–Realidade e desafios no combate a Fake News” que ocorrerá na manhã da próxima quinta-feira, dia 30, no auditório da Coopec/Sicoob-Cooperativa de Crédito Mútuo do Funcionários da Ceplac, em Itabuna.
Durante uma manhã, das oito às 12h30min, com intervalo para coffee-break, representantes da sociedade participarão de dois painéis com a presença do senador Angelo Coronel, presidente da “Comissão Parlamentar Mista de Inquérito das Fake News” do Congresso Nacional; da deputada Lídice da Mata, relatora da Comissão, do advogado Fábio Santos, especialista em Direito Digital, e dos jornalistas Moacy Neves, presidente do Sinjorba-Sindicato dos Jornalistas da Bahia, e Ernesto Marques, diretor da ABI-Associação Bahiana de Imprensa.
“O Sinjorba e a ABI-Bahia, juntamente com a Fenaj-Federação Nacional dos jornalistas, lançaram uma campanha em defesa da categoria. A proposta do seminário é reunir os diversos segmentos representativos e fortalecer a luta contra a onda crescente de “fakes news” que, além de prejudicar a imagem dos profissionais de imprensa, vem causando um grande mal à sociedade”, afirmou jornalista Daniel Thame, diretor do Sinjorba.
O encontro – promovido pela AM3-Assessoria e Consultoria em Comunicação, Sinjorba-Sindicato dos Jornalistas da Bahia, ABI-Associação Bahiana de Imprensa e o Sinapro-Sindicato das Agências de Propaganda da Bahia – está previsto para às oito da manhã e deverá reunir 230 participantes, dentre eles, jornalistas, radialistas, publicitários, empresários, parlamentares, professores, estudantes e dirigentes de veículos de Comunicação e líderes comunitários.
Em Itabuna, o tema “Fake News” e os limites da informação na Internet vem sendo discutido publicamente desde o início de junho do ano passado, quando a Câmara de Vereadores promoveu uma edição do projeto "Queremos Saber", com a participação da delegada da Polícia Civil e professora de Direito, Katiana Amorim. A proposta foi discutir e coibir os possíveis casos de violação do direito à intimidade das pessoas ou de divulgação de informações ofensivas e discriminatórias.
Além de participarem dos painéis, os inscritos no Seminário “Jornalismo do sul da Bahia–Realidade e desafios no combate a Fake News” debaterão o tema com os palestrantes e apresentarão propostas e sugestões enfrentar combater as “fakes news em nosso meio.
O evento conta com o apoio da Coopec/Sicoob, da UniFTC-Itabuna, RCM-Propaganda, Visão Propaganda, Itabuna Palace Hotel e da Câmara de Vereadores de Itabuna. O auditório da Coopec/Sicoob está situado na avenida Cinquentenário, n.º 1.100, centro de Itabuna.
As inscrições, gratuitas, limitadas e online, podem ser feitas até à meia-noite da próxima quarta-feira, do dia 28 de janeiro, pelo site “Eventbrite” – www.eventbrite.com.br.
Informações:
AM3–Consultoria e Assessoria em Comunicação, Turismo, Meio Ambiente e Inovação
Jornalistas Responsáveis: Ederivaldo Benedito e Danilo Sousa  Contatos: 73 99112-6474  


Muitos dos comportamentos intoleráveis que os parceiros podem exibir resultam da insegurança e do desejo de estabelecer controle e domínio no relacionamento. Descubra quais são.

Os parceiros podem fazer frequentes acusações infundadas de trapaça, comentários cruéis e profundos sobre seus objetivos e realizações, ou tentar convencê-la de que suas queixas são compensadas como resultado de seus próprios complexos de inferioridade. 

Às vezes, o comportamento de controle do seu parceiro pode aumentar para incluir a violência íntima do parceiro. Pode se manifestar como abuso físico, emocional, psicológico e/ou sexual. Você nunca deve tolerar um parceiro que faça você se sentir pequena, deprimida ou indigna, para que eles possam se desenvolver.
Você nunca deve aturar um parceiro que abuse de você. E esses são os principais motivo, segundo estudos do site de relacionamento sugar, Meu Rubi.

"GASLIGHTING"

Gaslight é um filme de mistério de 1944, estrelado por Ingrid Bergman como recém-casado. No filme, o marido de Bergman procura tesouros escondidos em sua casa com a ajuda das luzes do sótão, o que faz com que todas as outras luzes da casa diminuam. Quando o personagem de Begman aborda as luzes escuras, seu marido insiste que ela está imaginando coisas. A partir deste filme, o termo "gaslighter" nasceu para descrever um parceiro que tenta convencê-lo de que você está errado ou louco. O Gaslighting é uma característica especialmente comum para controlar parceiros, pois permite que seu parceiro o isole facilmente de amigos e familiares, fazendo com que você duvide de sua realidade. Exemplos de comportamento com iluminação a gás incluem parceiros infiéis que o convencem de que você fabricou provas
dos assuntos deles - "Você está inventando essas coisas" - ou um parceiro que roubou algo de você convencendo-o de que "o entregou". Se um acendedor de combustível ofender você com um comentário e você enfrentar o problema, provavelmente dirá: "Foi apenas uma piada" ou "Acalme-se". Deixar um acendedor de gasolina é desafiador por causa da dúvida que ele cria de maneira maliciosa, mas é possível.

Um parceiro que mantém você longe de seus amigos.

Uma bandeira vermelha de um relacionamento imenso é um parceiro que tenta isolar você das pessoas que estão na sua vida desde antes do relacionamento. Existem muitas explicações sobre por que eles podem se comportar dessa maneira e todas são ruins. Seu parceiro pode se tornar incrivelmente controlador, ciumento e inseguro sempre que você interage com outra pessoa, a ponto de afetar negativamente sua felicidade, relacionamentos pessoais e autocuidado. Seu parceiro pode saber que seus amigos não gostam do relacionamento por razões muito boas, tentando mantê-lo afastado de pessoas que apontam sérias falhas e preocupações. Os parceiros que pensam que podem reivindicá-lo e separá-lo do seu próprio mundo nunca podem ser confiáveis.

Um parceiro que sempre te acusa de traição.

Você não precisa cortar relacionamentos com amigos íntimos por causa da insegurança do seu parceiro. Se há certos aspectos de suas amizades que deixam seu parceiro desconfortável, você deve ouvir absolutamente as preocupações deles e avaliar como seu comportamento pode ser prejudicial.  No entanto, se o seu parceiro constantemente o acusa de trair com um ou vários amigos, apesar de você não ter e não há motivo para suspeita, algo está errado. Seu parceiro deve reconhecer que você é uma pessoa fora do relacionamento e que você era uma pessoa antes do relacionamento. Isso não significa que você é infiel ou que eles podem falar com você como se você fosse um trapaceiro. Tudo o que isso significa é que você é um indivíduo independente e complexo que tem muitas pessoas na vida por diferentes razões. 
Isso é especialmente perigoso, porque se você permanecer no relacionamento sem resolver o problema, poderá se sentir pressionado a parar de sair com seus amigos. Além disso, anote se você acusa seu parceiro de trair ou não os amigos e se eles saem com os amigos sem nenhuma ansiedade sobre como você reagirá. Esse duplo padrão torna ainda mais óbvio que você precisa encerrar o comportamento deles, se não o relacionamento.

Um parceiro que não respeita seus limites.

Seu parceiro brinca sobre coisas traumáticas que não são engraçadas? Você está se recuperando de um vício em drogas e/ou álcool e seus parceiros oferecem essas substâncias ou as consomem ao seu redor, mesmo que você tenha expressado seu desconforto? Eles falam sobre o ex-namorado de uma maneira que o deixa desconfortável?
Seu parceiro compartilha informações sobre sua vida privada com outras pessoas, apesar de seus protestos? Essas são apenas algumas maneiras pelas quais um parceiro pode ultrapassar seus limites, e você deve informá-lo de que são infratores.

Um parceiro que invalida sua raiva e experiências.

Da mesma forma que você deve abandonar um isqueiro a
 gás, não deve tolerar que um parceiro tente convencê-lo de que partes importantes de sua história ou experiências vividas são insignificantes ou falsas. Um exemplo: se uma mulher manifesta raiva pelo chamado que ela frequentemente enfrenta no caminho para o trabalho, e seu parceiro masculino ignora isso como "não é grande coisa", dizendo a ela para "considerar um elogio", ela precisa beliscar isso. idiotice pela raiz. Agora, é possível educar seu parceiro sobre questões que sua raça ou sexo podem permitir que eles evitem, e é possível que eles aprendam a entender suas experiências. No entanto, se você não iniciar uma conversa chamando-os de declarações ignorantes, ficará justamente frustrado e irritado no relacionamento. Da mesma forma, não deixe seu parceiro desconsiderar
 ou minimizar sua raiva.

Ele te interrompe em tudo.

É dito o tempo todo, mas é verdade: a comunicação é um dos momentos partes importantes de qualquer relacionamento. Se seu parceiro freqüentemente fala sobre você, mesmo que seja de um modo não malicioso e de mau hábito, você precisa indicar isso a eles. Na próxima vez em que o interromperem ou falarem sobre você,
 pergunte: "Você quer um diálogo ou um monólogo?"

Vergonha das suas relações passadas. 

Seu parceiro atual fica irritado com sua história sexual ou número de parceiros sexuais anteriores? Seu parceiro chama você de "vagabunda" ou "prostituta" se sua roupa mostra "muita pele"? É a maneira do seu parceiro de controlar o seu corpo; é nojento e não tem lugar em um relacionamento respeitoso e amoroso

Neste domingo(22/12), foi celebrado na Santa Missa  o Jubileu de Ouro, 50 anos, da Ordenação Sacerdotal do frei Hermano José Schuvartbech. Em homenagem   após a missa, celebrada pelo padre Edson Hagge Leandro a assistente espiritual da Ordem Franciscana Secular (OFS) em Itajuípe professora Anna Ferreira, recordou parte da trajetória de vida do frei que faz parte da Ordem dos Frades Menores(OFM). 
No início da década de 1970, frei Hermano foi pároco da  Paróquia do Sagrado Coração de Jesus em Itajuípe.  Como  franciscano,  deixou seu país de origem,  Alemanha  aos 27 anos de idade e, se fez servo para cuidar dos mais pobres em  Itajuípe. Daí, seguiu  sua missão  levando o evangelho pelo mundo.  
Após a missa, a comunidade católica  reunida festejou a data especial  com um café da manhã no salão paroquial.
"Estamos na política para fazermos a diferença" – disse o presidente da legenda no município Dr Renato Costa. Segundo Renato Costa, para o ano que vem, a legenda já vem trabalhando para  apresentar candidaturas de homens e mulheres comprometidos com as demandas da população. O ato político contou também com as presenças do presidente do PT, Jackson Moreira; pré-candidato a prefeito, Capitão Azevedo; pré-candidatos a prefeito pelo PSB, Aldenis Meira e  pastor José Carlos; vice-presidente do PSB, professor Valter Silva, secretário Moacir Smith e os pré-candidatos a vereador.
O especialista em direito eleitoral e mestre em ciências políticas Dr Alah Góes também esteve presente no evento que teve a participação da militância socialista e lideranças políticas do município. Os convidados Jackson Moreira e capitão Azevedo em suas falas destacaram a importância de unir esforços numa   coalizão política que represente os interesses da população, principalmente na saúde, segundo eles, está um verdadeiro flagelo no município.


Em Salvador, neste sábado (23/11), o presidente do PC do B de Itajuípe, pré-candidato a prefeito  Gilvan Ribeiro (Van Baster), participou ao lado do ex-futebolista, campeão brasileiro pelo Bahia, seleção brasileira –  deputado estadual Raimundo Nonato Tavares (Bobô) da Conferência Estadual do PC do B. Além de Bobô, o presidente estadual do PCdoB e Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte  do governo Rui Costa (PT), Davidson Magalhães e a deputada federal, Alice Portugal tem dado total apoio a pré-candidatura de Van Baster prefeito de Itajuípe. 

Em entrevista ao Programa Seis em Ponto, nesta segunda-feira (18), com o vereador Geraldo Jr, na Rádio Metrópole, a deputada federal Lídice da Mata colocou seu nome à disposição para uma possível candidatura à Prefeitura de Salvador nas eleições de 2020. Segunda colocada nas recentes pesquisas de intenção de voto, a parlamentar tem na capital baiana a sua principal base eleitoral e disse que o seu partido, o PSB, possui nomes competitivos como o do vereador Silvio Humberto; tem mantido conversas com o atual presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, mas reforçou que pode disputar o comando do Palácio Thomé de Souza.
Questionada por um ouvinte sobre os feitos da sua administração no município, Lídice destacou o trabalho realizado pela prefeitura em regiões carentes da cidade como o Subúrbio Ferroviário, Saramandaia, Bairro da Paz, Cajazeiras, Vila Verde, Nova Divineia e obras de mobilidade como as ligações Iguatemi-Paralela, Garibaldi-Lucaia, além do Programa Cidade Mãe.
A deputada também falou sobre o seu trabalho na Câmara Federal como relatora da CPMI das Fake News e como presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.
Presidente estadual do seu partido, Lídice reforçou ainda o compromisso do PSB com o governador Rui Costa e destacou a contribuição dos deputados da legenda para a aprovação de projetos importantes do governo.
Informações: ASCOM PSB


O deputado estadual Robinson Almeida (PT) voltou a fazer criticas, na última segunda-feira (11), contra a administração do prefeito de Salvador e presidente Nacional do Democratas, ACM Neto, em ato organizado na Assembleia Legislativa pela bancada do PT pela liberdade de expressão e em desagravo a ação movida pelo alcaide contra o parlamentar. 

No final do mês passado,  o deputado Robinson foi condenado em 1ª instância a indenizar em R$ 50 mil o prefeito ACM Neto e sua mãe, Maria do Rosário Magalhães, por ter criticado, em 2018, a destinação de R$ 2,8 milhões para a ONG Parque Social e Empreendedorismo Social, gerida pela progenitora do gestor, e deixar Salvador, na sua avaliação, com a pior Atenção Básica em Saúde na Bahia.

A decisão, contudo, cabe recursos em instâncias superiores. 

“Salvador tem apenas 38% de cobertura da atenção básica da saúde, são dados do Ministério da Saúde. Significa que um milhão e oitocentas mil pessoas não têm qualquer tipo de atenção básica à saúde. Os postos de saúde que funcionam faltam médicos, faltam enfermeiros, faltam agentes comunitários de saúde, mas o prefeito resolveu investir quase R$ 3 milhões de reais, num convênio, em uma ONG presidida pela sua mãe.

“A irritação do prefeito é porque ele tem em seu DNA uma aversão à convivência democrática, ao debate de ideias, a critica política.

Dias atrás, ele o prefeito anunciou 5 dias para um festival da virada em Salvador. Precisaria de 5 dias de festa na cidade e a saúde de Salvador na UTI? Essa é a prioridade da nossa cidade?”, indagou o deputado, que criticou a gestão do prefeito ACM Neto por não cumprir a Lei 12.994/2014 que institui o Piso Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias.

“Os agentes de saúde vão paralisar suas atividades porque Salvador é o único município na Bahia que não paga o piso nacional e o prefeito, que tem aversão ao diálogo, está a 90 dias enrolando a categoria. Esse é o debate que incomoda o prefeito, porque ele não consegue viver com a crítica política”, enfatizou o deputado. 

O evento, coordenado pelo líder do PT na Casa Legislativa, deputado Marcelino Galo, contou com a participação dos deputados estaduais Osni Cardoso, Zé Raimundo, Fátima Nunes, Neusa Cadore, Maria Del Carmen, Rosemberg Pinto, Jacó, Alex Lima (PSB), dos deputados federais Afonso Florence e Zé Neto, do prefeito de Cruz das Almas, Orlandinho Pereira, dos presidentes eleitos do Partido dos Trabalhadores na Bahia e em Salvador, Éden Valadares e Ademário Costa, do presidente municipal do PC do B, Everaldo Augusto, do representante da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), jornalista Fábio Costa Pinto, do ex-deputado Bira Coroa, de representantes do PDT, PSB, da Associação Brasileira Juristas pela Democracia, de movimentos sociais e entidades sindicais.
ASCOM Dep Robson/Daniel Ferreira jornalista.
Fundada há 89 anos no então distrito de Pirangi, atual Itajuipe a Sociedade Aliança dos Artistas e Operários de Pirangi, entidade filantrópica, já passou por várias gestões e situações memoráveis.  Mas, desde 2014 se encontrava inapta junto a Receita Federal por "omissão contumaz", ou seja, falta de declarações que gerou débitos e inatividade. Tida também como inexistente junto ao Cartório de Registro Civil, no município, a nova diretoria regularizou a entidade num processo contábil e jurídico que durou quase um ano de persistência.  Segundo o secretário geral da entidade e coordenador do grupo de trabalho que a regularizou, Erenilson Santos "Erê" a dificuldade maior não foi a regularização junto a Receita Federal, sim o registro documental no Cartório Civil com atas reparadoras e adequação do estatuto conforme o novo Código Civil. Para isso, contou com empenho de toda diretoria e assessorias técnicas nas áreas, contábil e jurídica."Tivemos paciência e prudência para regularizar quitando todas as pendências da entidade, também abrimos conta em banco para melhor gestão financeira". – Diz Erê. "Agora, ativa, e adimplente com certidão negativa de débito, a entidade já pode formalizar convênios e contratos para prestação de serviços junto aos governos municipal, estadual, federal e iniciativa privada". – Pontua o presidente da entidade José Paulo Souza de Santana.  A Aliança, é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos tem como principal objetivo ser uma facilitadora do conhecimento podendo atuar nas áreas de tecnologia, cultura, meio ambiente, transporte, esportes e agora na área da saúde.

No próximo ano, a entidade completa 90 anos, mesmo diante do processo de regularização a diretoria atual implantou o Projeto Aliança que disponibiliza internet grátis nas duas praças do centro da cidade; curso de teatro, dança, flores artificiais e assistência jurídica para pessoas com carência econômica. Ainda para o próximo ano, a nova diretoria composta pelo vice-presidente, José Carlos N'gão; segundo secretário Maurício Câmara de Santana; primeiro tesoureiro, Milton Santos; segundo tesoureiro, Elison Santos, e o aliancista historiador mestre Igor Farias Góes promete resgatar a memória histórica da entidade e sua importância para o desenvolvimento do município e apresentar no seu jubileu 90 anos várias atividades. Para isso, espera contar com o apoio da população e parceria com poderes constituídos.


Ainda sem anunciar se será candidato a prefeito na eleição do ano que vem o  ex-secretário, nos primeiros anos do  então governo do prefeito Marcos Dantas e ex-vice-prefeito de Gilka Badaró, Jorjão  continua sendo lembrado pela população, principalmente no comércio local,  por ser responsável com a coisa pública.  Quando esteve no comando do Executivo, por um ano e meio, Jorjão deixou a Prefeitura pela porta da frente com as contas públicas em dia.  

Copyright © 2012 blog do erê.