A ex-diretora da Fundação Marimbeta e secretária de Administração do município de  Itabuna, professora Acácia Gomes Pinho teve seu nome incluído na relação dos condutores que estão prestes a perder os direitos de dirigir. Segundo o DETRAN/BA, em edital de notificação  publicado na última quinta-feira, 10 de janeiro no Diário Oficial do Estado da Bahia, a penalidade de suspensão do direito de dirigir se dar por transgressão às normas estabelecidas no Código de Transito Brasileiro, – cujas infrações preveem, de forma específica, a penalidade de suspensão. De acordo com a instauração do processo administrativo, a condutora poderá ainda interpor defesa junto ao DETRAN até o dia 31 de janeiro.
Por: Erê

O prefeito Marcone Amaral Costa Júnior (PSD), tem deixado os moradores da Praça 7 de Setembro revoltados. O motivo é visível – completo abandono da  praça marco histórico do município. “Talvez o prefeito não saiba mas, foi justamente naquela localidade  que foi construída a primeira casa de telhas do povoado”. Pontuou um morador.
“O estranho é que o prefeito mora não mais que oitenta metros da praça”. – Crítica  um outro morador. O prefeito Marcone Amaral, no final de dezembro em entrevista na rádio comunitária prometeu “grandes coisas” para o município.  – Resta aguardar...

No distrito do  Sequeiro Grande, a Unidade de Saúde da Família,  iniciada no governo passado, ficou com aproximadamente 80% da obra concluída mas,  ainda continua completamente abandonada pelo atual governo municipal.
Conforme constatou este blog, a população tem esperança que ainda no início deste semestre, o prefeito Marcone Amaral (PSD) deixe o equipamento público nas mesmas condições de uso –  como a recém inaugurada Unidade de Saúde que serve os bairros Santa Rita, Sagrado Coração e Av. Itabuna, – também construída na gestão passada e inaugurada na atual gestão.


Os moradores do distrito do Sequeiro Grande ainda continuam revoltados com o prefeito Marcone Amaral Costa Júnior (PSD).  “Pela segunda vez estamos nos sentindo enganados pelo prefeito que durante a campanha eleitoral do ano passado, prometeu cumprir sua promessa de campanha”. – Disse um morador relembre aqui.  Conforme constatou este blog , dessa vez, o prefeito até colocou algumas manilhas próximo ao local um mês antes da eleição, mas, não saiu disso – o problema continua tirando o sossego da comunidade que sofre com o descaso e falta de compromisso do gestor para resolver o problema.


A Câmara de Vereadores de Itajuípe elegeu, nesta manhã de  quinta-feira (27/12), a nova Mesa Diretora para o biênio 2019/2020. A presidência ficará a cargo de Roney Adriel Barbosa Santos (Podemos), (foto centro).
A votação foi aberta ficando assim composta 1º vice-presidente, Joacy Caires (PC do B), 2ª vice-presidente, Célia Maria (Podemos), 1º secretário, Gean Silva (PT) e 2ª secretária Lusiene Maia (PSD)
Seguindo a mesma ordem,  atual Mesa Diretora é composta por Gean Silva na presidência, Célia Maria, Joacy Caires, Lusiene Maia e Antônio Lopes.
Os  Vereadores da oposição Ivan Júnior (DEM), votou nulo para presidente do Legislativo – João Magalhães (PRTB) esteve ausente durante a votação.
O novo presidente do Legislativo  Roney Barbosa foi eleito com nove votos, os demais pares com dez votos.
A sessão de posse da nova Mesa Diretora será amanhã (28/12), às 9:00 horas na Câmara de Vereadores.
O Comandante-Geral da Polícia Militar da Bahia, Coronel Anselmo Alves Brandão promoveu no último dia 21 de dezembro pelo critério de merecimento à graduação de Subtenente ao Sargento Eduardo Cezar de Morais Portela. Com 26 anos na Polícia Militar, – destes 17 anos como Sargento, em conversa para este blog disse: "sou grato a Deus pela conquista, tenho satisfação e honra em ser militar". Segundo o Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia – a promoção por merecimento se baseia no conjunto de atributos e qualidades que distinguem e realçam o valor do policial militar entre seus pares, – avaliados no decurso da carreira e no desempenho de cargos e comissões exercidos, – em particular no posto que ocupa. Atualmente, Portela ocupa o posto  na Polícia Rodoviária Estadual em Itabuna. Além da carreira militar, filho do ex-vereador Walter Portela, também foi vereador no município de Itajuípe por dois mandatos e presidente do Poder Legislativo.

Nesta tarde de Natal (25/12), o presidente da Associação dos Moradores do Bairro Alto da Liberdade, Evangelo Lopes dos Santos "Eguer" entregou aos moradores daquela comunidade um automóvel Fiat Uno. Segundo Eguer – "o carro foi adquirido pela contribuição dada de porta em porta por cada   morador". Ainda segundo o presidente da associação, o automóvel vai ficar a disposição dos moradores vinte e quatro horas para transporte de pessoas com problemas de saúde e também outras atividades da organização social.



Embora o prefeito Marcone Amaral Costa Júnior (PSD), tenha comemorado de forma exitosa a aprovação de suas contas referente ao exercício financeiro de 2017, neste caso, é bom que se diga – com “ressalvas”, o nobre prefeito deve  ter na sua consciência que precisa ainda ajustar sua gestão para o município não continuar sofrendo as consequências de mais uma gestão descomprometida com os princípio da administração pública. Dito isto, acredita-se que o nobre prefeito deve saber que as “ressalvas” deve  lhe submeter a essa profunda reflexão porque o próprio parecer do TCM ( Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia), pontua de forma inequívoca as inúmeras irregularidades nas suas contas. Segundo o órgão fiscalizador externo, o gestor foi informado de todas as irregularidades devidamente constatadas e registradas no processo de prestação de contas  sem que tivesse sido satisfatoriamente justificadas. Ainda segundo o parecer, as ditas irregularidades atentam gravemente contra a norma legal e contrariam os mais elementares princípios de natureza “contábil, financeiro, orçamentário e patrimonial”. Diante dos fatos, em conformidade com a Lei Complementar Estadual n° 06/91, artigo 76, inciso III, letra “d” diz – foi imputado ao gestor devido ao vulto do  dano causado ao erário público – multa. A mesma lei, no artigo 71, inciso III, deixa claro que o gestor “cometeu ato de gestão ilegal, elegítimo, antieconômico ou não razoável do qual resulte injustificado dano ao erário municipal”. Assim, diante dos danos ao erário público fica claro o motivo pelo qual o prefeito não teve humildade para dizer à população que suas contas foram aprovadas com "ressalvas". Decerto o gestor agiu ignorando o Controle Interno,   como se fosse o dono da verdade, sem atentar para o primeiro princípio da administração pública, neste caso, a legalidade, ignorando a economicidade. Por qual motivo o prefeito transferiu recursos à Câmara de Vereadores acima do limite estabelecido na Constituição Federal? Como se não bastasse o gestor não conseguiu reduzir as despesas com pessoal, neste caso, extrapolou acima do limite permitido 54% – chegando a 67,35%, porém teve o percentual alterado para 60,87% devido a nova instrução  do TCM 003/18 que excluiu gastos pessoais custeados com recursos federais de transferência voluntária da União. Como pode observar, o gestor que diz ser mais técnico que político, neste quesito, vem dando sequência as práticas irregulares dos velhos políticos itajupenses que passaram pelo paço municipal com gastos de pessoal e contratação de apaniguados – descumprindo a Lei de Responsabilidade Fiscal no artigo 20, III, “b”. Para agravar ainda mais a situação, o gestor descumpriu também regras da resolução do TCM 1.282/09 ao deixar de encaminhar e alimentar o SIGA(Sistema Integrado de Gestão e Auditoria), e o pior, – “inseriu informações incorretas e incompletas” no citado sistema de transparência, fiscalizatória da gestão, desta maneira, dificultando o trabalho da Inspetoria Regional com divergências de dados. Sendo assim, por desobediência a “legalidade” da administração pública, o nobre gestor foi enquadrado na Lei Federal 10.028/00, que versa sobre crimes fiscais por deixar de cumprir  a lei no sentido de sanar as irregularidades nos gastos com pessoal, – por essa irregularidade foi punido em pagar com os próprios subsídios anuais R$ 63.812,05, além de R$ 3.000,00 por enviar à Câmara de Vereadores recursos superior ao permitido por lei sem necessidade. Por ignorar os princípios da nova gestão pública, o município ainda continua tendo como principal problema não a falta de recursos financeiros, embora seja parcos diante das demandas da população, mas os gastos desnecessários sem atentar para a economicidade que diz: o bom gestor deve fazer mais por menos, isso com eficiência e eficácia gerando resultados relevantes e satisfatórios para os munícipes.

Por: Erê
Graduado em Gestão Pública.
Pós Graduado em Gestão Pública Municipal – UESC.
Radialista por Formação
Presidente do PSB - Itajuípe
Blogueiro.
www.blogdoere.com

Já está sendo realizado no Cartório Eleitoral de Itajuípe/Barro Preto, no município de Itajuípe, o cadastramento biométrico. Em conversa para este blog,  o chefe do Cartório Eleitoral, Augusto Cruz disse: “ainda não é obrigatório”. Segundo Cruz o atendimento obrigatório começa a partir de 22 de abril de 2019.
A identificação biométrica tem por objetivo implantar em âmbito nacional a identificação e verificação biométrica da impressão digital para garantir que o eleitor seja único no cadastro eleitoral e que, ao se apresentar para o exercício do voto, seja o mesmo que se habilitou no alistamento eleitoral. Ainda segundo o chefe do cartório local, embora não seja obrigatório, o comparecimento antecipado do eleitor evitará filas quando for iniciado o período obrigatório. O atendimento ao público está sendo de segunda a sexta-feira das 7:00 horas da manhã às 19:00 horas, de forma ininterrupta com capacidade para atender 100 eleitores por dia – para realização do cadastro, é necessário apresentação do título de eleitor, carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.
Por: Erê


A Câmara de Vereadores de Itajuípe em sessão especial concedeu nesta manhã de quinta-feira(13/12), o título de cidadão itajuipense ao itapetinguense, venerável da Loja Maçônica Acácia do Sul, Alessandro Góes Lima. A honraria foi indicação do Vereador João Magalhães (PRTB), – durante a votação teve a aprovação por unanimidade de  seus pares.
Alessandro Góes, mora em Itajuípe há duas décadas, é casado com a professora Maristela Santana Santos Góes com quem tem um casal de filhos Alexandre e Anne Miracy. É investigador da Polícia Civil; ambientalista membro do COMMAM ( Conselho Municipal de Meio Ambiente), membro também da ABARA( Associação Brasileira de Apoio aos Recursos Ambientais) e representa o município no conselho gestor da APA da Lagoa Encantada e Rio Almada.  No seu discurso, Góes agradeceu a honraria, emocionado, deixando o coração falar por si: “eu amo essa terra, agora, sou itajuipense de fato e de direito. Em tom de humor, brincou com o público: “agora ninguém pode me chamar de forasteiro”. Além de Alessandro Góes, outras doze pessoas foram homenageadas, José Cosme de Abreu (Itabaiana), João Batista da Silva (João Comungó),Mariza Sant'ana Costa Araújo, Atenildo Lourenço da Silva, Gideval Lopes Santos, Aldenizio Gomes dos Santos, Moises Leal Ferreira, Jorge Cerqueira de Santana, Gilmar Santos Fontes e o prefeito do município Marcone Amaral Costa Júnior (PSD). A sessão especial de autorga da honraria teve a condução dos trabalhos pelo presidente do Legislativo, Gean Silva (PT), que indicou o ex-vereador e ex-presidente da Câmara, Itatelino de Oliveira Leite Júnior para receber o título de cidadão itajuipense.
Fotos: Luis e Simone.
Por: Erê


O prefeito Marcone Amaral Costa Júnior (PSD), fez discurso de 66 anos de emancipação político administrativa com praça  vazia. Por várias vezes em seu vibrante discurso pediu "união entre os poderes Executivo e Legislativo" Ora, isso de fato já existe  – tem maioria absoluta na Câmara de Vereadores. Pelo visto, seu discurdo precisa mesmo é encontrar eco na população que por algum motivo se encontra distante dos atos públicos. Há quem diga que a ausência do povo se dar por conta do modelo de gestão do alcaide – que insiste em governar o público de costas para o povo.  Embora o prefeito venha fazendo uma gestão razoável, os comentários no meio social é que o ato de hoje mais parecia final de governo. O prefeito chega ao segundo ano do seu mandato sem nenhuma realização estrutural e ainda comemorando pagamento de salário em dia – sem realização da sua gestão que possa justificar suas promessas de grandes coisas que foram prometidas durante a campanha eleitoral. Mesmo diante da visível falta de prestígio junto ao povo, na verdade, isso só acontece quando os eventos são “open bar” não podemos afirmar que o gestor não tenha responsabilidade, tem. Mas, é necessário ainda mostrar resultados da sua gestão para justificar sua passagem pelo paço municipal.
Erê – Presidente do PSB – Itajuípe


O conceituado jornalista itabunense Ederivaldo Benedito Santos (Bebé) recebeu  ontem (10/12) a noite em sessão especial no Teatro Municipal de Ilhéus, o título de cidadão Ilheense. A honraria foi proposta pelo vereador pastor Antonio Matos (PSD), e aprovada por unanimidade pelos seus pares. Agora, Bené além de papa jaca é também papa caranguejo.
Casado com a professora e servidora do Ministério da Agricultura, lotada na Ceplac, Maria da Trindade Pereira Lima, com quem tem uma filha, a administradora de empresas e psicanalista Mariana Benedito Pereira Lima. Servidor do Ministério da Agricultura, lotado na Ceplac, na função de Agente de Comunicação Social, iniciou sua carreira profissional como Repórter Policial do complexo Rádio Jornal de Itabuna/Diário de Itabuna. Sindicalista, foi Diretor da ABI–Associação Bahiana de Imprensa, do Sintsef–Sindicato dos Servidores Públicos Federais, do Sindicato dos Radialistas de Itabuna e do Sinjorba-Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Bahia, com sede em Itabuna. Foi também repórter da Tribuna do Cacau e jornal Agora, de Itabuna, e do Diário da Tarde, de Ilhéus.
Participou da fundação das TVs Cabrália e Santa Cruz de Itabuna, na condição de editor de textos, e atuou como repórter-correspondente no sul da Bahia dos jornais Correio da Bahia, Tribuna da Bahia, Jornal da Bahia, Notícias Populares, O Estado de São Paulo, O Globo e A Tarde.

Devido as fortes chuvas que caem em toda região sul da Bahia, o prefeito do município de Itajuípe, Marcone Amaral Costa Júnior (PSD), resolveu nesta quarta-feira (05/12) decretar – "situação de emergência".   Com o decreto, o gestor também suspendeu toda a programação de aniversário de 66 anos do município. Segundo o prefeito Marcone, "o objetivo agora e mobilizar pessoas para ações emergenciais". Para isso, a Prefeitura  disponibilizou contatos de emergência e locais para recebimento de pessoas que necessitem de ajuda com abrigo e retirada de pertences das áreas mais críticas.


Fundada há 34 anos no município de Itabuna a Função dos Deficientes do Sul da Bahia(Fundesb), tem como principal objetivo  atender as pessoas com deficiência de Itabuna e região, desta maneira, – promover os direitos à acessibilidade e a igualdade, facilitando a inclusão social e o exercício da cidadania. Em conversa para este blog, o presidente da Fundesb, Napoleão Santana Filho declarou: "outro  braço de atuação da instituição é o estímulo as políticas públicas e os programas que se fundamentam na promoção, proteção e defesa dos direitos da pessoa com deficiência". Napoleão Santana também destacou além da defesa pelos direitos do deficientes – "atividades no campo social; orientação jurídico, atendimento com auxílio de psicóloga disponível para os associados". "Uma das propostas da instituição para o próximo ano será buscar formalizar parceria com os municípios da região" Disse, Napoleão. Leia mais aqui


Conforme  previsão na Lei Municipal 728/2006, que versa sobre o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescentes (CMDCA), o Conselheiro Tutelar – deve residir  na cidade onde localiza a sede do Conselho Tutelar.

Em Itajuipe, o Conselheiro Tutelar,Carlos Alberto Cardoso Vieira Junior (foto), – mudou  de residência para o município de Itabuna contrariando a lei.

No intuito de esclarecer os fatos este blogueiro esteve no suposto endereço da  residência do conselheiro, no entanto, um vizinho informou que o conselheiro estava residindo no município de Itabuna.

O estranho é que o conselheiro continua ocupando o cargo como se fosse legal. De acordo com a lei –  residir no município é um requisito não apenas para candidatura, mas, para o próprio exercício do mandato de membro do Conselho Tutelar.

Recentemente, em referência ao fato o conselheiro Carlos Alberto C. Vieira Junior comentou  numa rede social – “não ter medo de lei, Justiça, para isso teria cursado direito… está documentado… isso não lhe diz nada”.

Uma das imposições para ocupar o cargo de conselheiro se encontra exposta  no artigo 15 – inciso III da Lei Municipal 728/2006 e também na Lei 8.069, ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente),artigo 133,inciso III – neste caso conforme a lei – é obrigado residir no município.

Procurada para falar sobre o assunto a presidente do CMDCA, Simone Maria Dias Ramos(foto), disse: “já  ter ouvido falar do caso, porém, não existia denúncia no CMDCA”. Com a palavra a Procuradoria Jurídica do Município e o Ministério Pública Estadual


A Câmara de Vereadores de Itajuipe votou nesta manhã de quinta-feira (22/11) as contas mistas referente ao exercício de 2015 de responsabilidade dos gestores Antônio Jorge Rodrigues Neto "Jorjão" (PSB) e Gilka Badaró – as contas de Jorjão foram aprovadas. Na mesma sessão, com pareceres diferentes, rejeitou as contas da então prefeita Gilka Badaró. O vice-prefeito Jorjão, que na ocasião assumiu a gestão do município, obteve na votação desta manhã 7 votos a favor e três contra  – a vereadora Lusiene Maia (PSD) não estava presente. Votaram pela aprovação os vereadores: Gean Silva (PT), Gilmario Costa(PSD), Antônio Lopes(PP), Mateus Mattos(MDB), Roney Barbosa(Podemos), Célia Maria(Podemos) , Fábio Almeida(PRB). Votaram pela rejeição os vereadores: Ivan Júnior (DEM), João Magalhães (PRTB), Joaci Caires (PC do B). O presidente da Câmara, Gean Silva e o vereador Antônio Lopes destacaram nas suas falas – a "presteza e eficiência” de Jorjão na condução das finanças do município quando deixou na ocasião a prefeitura sem dividas com funcionários públicos e fornecedores.  
Por:Erê


Com o objetivo de elevar, em cinco anos, a produção baiana de cacau, por meio de ações estratégicas do Governo do Estado, será lançado, nesta quinta-feira (08), o Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018 – 2022. O evento, que contará com a presença do governador do Estado da Bahia em exercício, João Leão, acontecerá no auditório da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Km 22 da Rodovia Ilhéus/Itabuna.

As ações estratégicas serão destinadas a agricultores de 114 municípios, localizados nos territórios de identidade da Bahia: Litoral Sul, Médio Rio das Contas e Baixo Sul. O Plano inclui regularização fundiária e ambiental, difusão tecnológica, assistência técnica e extensão rural (ATER), formação, capacitação, educação, gestão e empreendedorismo, infraestrutura rural, acesso ao crédito rural, até agregação de valor e comercialização da produção.
Integram o plano as secretarias estaduais de Desenvolvimento Rural (SDR), de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), de Desenvolvimento Econômico (SDE), de Turismo (Setur) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti)
Fonte: Daniel Thame.
José Ferreira pode ser considerado o homem mais velho do Brasil – tem 118 anos, mora no distrito da União Queimada.


A comunidade  está localizada às margens da BA 262, é cortada ao meio pelo Rio Almada.  Na pequena comunidade de acesso aos distritos de Ilhéus – Pimenteira e Inema mora José Ferreira dos Santos. Seu Zé Pequeno como é  carinhosamente chamado pela sua esposa dona Lindaura Rocha de Jesus de 98 anos, destes 78 anos de casados – pode ser considerado o homem mais velho do Brasil.


Seu Zé Pequeno é de poucas palavras, porém ainda lúcido, é brincalhão não se queixa de problemas de saúde – nem de dores nas costas.  Sua filha Cremilda Ferreira que cuida do casal, com documentos nas mãos conta que pai nasceu no dia 9 de novembro de 1900, vai fazer 118 anos na próxima sexta-feira. Nascido em Barracão – Bahia foi registrado em Buerarema, trabalhador rural, homem do campo depois de morar em vários municípios, por último, em  São José da Vitória escolheu morar com a filha há cinco anos na pacata comunidade de União Queimada.


De forma extrovertida quando o enfermeiro Elizeu Santana disse: vou aferir sua pressão! Em tom de brincadeira ele perguntou: “você tem irmã? Por que não trouxe umas duas para mim?" Em rápidas palavras continuou: “não tenho nada, estou bem". De fato a pressão tava de doze por oito. Quando perguntei: qual o segredo para tanta vitalidade?  Dona Lindaura respondeu por ele: “não sei, bebeu, fumou e inclusive gostava muito de mascar fumo de corda”. Seu José Ferreira é um dos casos que não tem fácil explicação para tamanha vitalidade – com 118 anos de vida pode ser considerado o homem mais velho do Brasil.
Por: Erê








Copyright © 2012 blog do erê.